Não quer saber de muvuca? Arrume as malas e fuja da Copa do Mundo de Futebol

Outro dia estava conversando com um amigo que é diretor de uma rede de agências de viagem e tocamos no assunto Copa do Mundo de Futebol. Fiquei curioso com algumas colocações que ele me fez e quero compartilhar com vocês:

1º - Viajar para o exterior durante a Copa do Mundo, vale a pena?
Em janeiro deste ano se você quisesse viajar para Buenos Aires no período da Copa pagaria pelo pacote algo em torno de R$ 6.000,00 para duas pessoas; hoje a exatos 62 dias para o início dos jogos este mesmo pacote por ser comprado por R$ 4.500,00.
O que justifica o preço estar mais baixo mesmo com a proximidade da viagem? Segundo o meu amigo as operadoras de viagem tinham uma expectativa de brasileiros saindo do país muito maior do que a demanda e com isto foram obrigadas a reduzir os preços e até mesmo fazer promoções.

2º - Quais os destinos mais procurados pelos turistas para junho e julho de 2014?
Maceió e todas as cidades que não vão receber jogos ou delegações como Bonito, Florianópolis, São Luiz e Belém. Ainda há pacotes de viagem com preços acessíveis para estas cidades que acabaram se tornando ótimas opções para o turista desbravar lugares que antes não passavam pela sua cabeça.

3º - Como estão as diárias de hotéis em cidades que vão receber os jogos?
Em cidades como São Paulo e o Rio de Janeiro dificilmente o turista conseguirá se hospedar por uma noite, todos os hotéis só negociam pacotes e com preços bem acima da média praticada em outras épocas.
Realmente, pesquisando no site de reserva de hotéis www.minhareserva.com, verifiquei que poucos hotéis reservam para uma única noite e os valores das diárias estão muito superiores ao que costumamos pagar.


publicidade



4º - Quais as opções de viagens para quem não quer ficar em casa?
Como as férias escolares vão coincidir com a Copa do Mundo de Futebol é preciso estar atento aoo perfil de cada viajante para acabar não levando gato por lebre. Desconsiderando as cidades sede, os resorts e destinos temáticos como Caldas Novas (GO) e Gramado já estão com seus pacotes praticamente esgotados ou com valores muito acima do normal, então se você não programou a sua viagem com antecedência, fuja deles.
A dica é buscar destinos diferenciados, se é uma viagem de férias com as crianças Belém do Pará tem a Floresta Amazônica como atrativo e o clima quente, mesmo no inverno.
Se é uma viagem a dois, explore as serras catarinense ou vá viver fortes emoções com a temporada de observação das baleias em Garopaba (SC).

O importante para quem não quer se matar (ou morrer) com os jogos da seleção e toda a muvuca que acontecerá em torno da Copa é se programar já e buscar a ajuda de um bom agente de viagens que tem as dicas certas para cada tipo de perfil.

Fica a dica do meu amigo agente de viagem da Zeos Travelling, programe-se sempre com pelo menos seis meses de antecedência e se possível utilize o Vale Viagem Viajo.Com.Vc na organização financeira.

Comentários